Associação Atlética Flamengo

[Associação Atlética Flamengo]
[Publicidade]

Artilheiro volta a marcar, mas Flamengo acaba derrotado em Matão

Artilheiro volta a marcar, mas Flamengo acaba derrotado em Matão

Postado em: 24/03/2017

Danilo Pereira diminui de pênalti aos 33' do 2T e incendeia a partida em território alviazul. Porém, a pressão rubro-negra não é suficiente para evitar a derrota

Na tarde da última quarta-feira, o Flamengo de Guarulhos desafiou a Matonense, no estádio Doutor Hudson Buck Ferreira, território alviazul, e acabou superado por 2 a 1, em confronto válido pela 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A3. Os mandantes abriram a vantagem com Everton Tiziu (46’/1T) e João Lucas (9’/2T) e ainda viram Wagner defender uma cobrança de pênalti executada por Ruster. O artilheiro Danilo Pereira, por sua vez, não desperdiçou o tiro da marca da cal e diminuiu o marcador em Matão (33’/2T), dando início a uma intensa pressão visitante nos instantes finais. Contudo, sem o esperado empate.

A representação do Jardim Tranquilidade, que soma 12 pontos, volta a campo neste domingo, às 10 horas, para enfrentar o Independente, no estádio Antônio Soares de Oliveira.

A partida – Disputado sob forte calor, o primeiro tempo do duelo em Matão começou pautado pelo equilíbrio. Alternando posições em campo, Victor Palito, Roni e Renatinho confundiam o setor defensivo da Matonense e esboçaram boas chances de perigo. Durante o período protocolar, Wagner só foi acionado uma vez, aos nove minutos, em cabeçada firme de Rafael Magalhães, que aproveitou cruzamento de Everton Tiziu. Bem colocado, o Santo do Ninho voou para espalmar.

A melhor oportunidade rubro-negra na etapa inicial veio com Dinda, aos 44, que recebeu de André Bilinha na intermediária e finalizou rente ao ângulo esquerdo de Marcelo. Entretanto, nos acréscimos, os comandados de Pinho inauguraram o marcador: em contragolpe rápido, Geovane, substituto de Rafael Magalhães, invadiu a área e, cara a cara com Wagner, tocou de lado. Everton Tiziu ameaçou o chute, cortou Igor Prado e tocou para o fundo da rede.

Buscando a virada, o técnico Fahel Junior promoveu duas alterações, sacando Renatinho e Everton Dé – para as entradas de Leandro Valentim e Herbert, respectivamente. Contudo, ao se lançar ao ataque, a formação do Jardim Tranquilidade viu a Matonense ampliar na marca dos nove: Ítalo invadiu a área pelo setor esquerdo e cruzou rasteiro para João Lucas fazer 2 a 0. Com 24 jogados, Wagner brilhou ao defender pênalti cobrado por Ruster. O camisa 11 finalizou no canto direito, à altura média, do arqueiro e viu o Santo do Ninho espalmar.

Quando o relógio apontou a marca dos 31, o Flamengo de Guarulhos diminuiu em Matão: em bola alçada na área, Victor Palito tentou emendar o voleio e acabou agarrado por Ademir. O árbitro Rogério dos Santos Laranjeira marcou a penalidade máxima, que o artilheiro Danilo Pereira não desperdiçou. O dianteiro, natural de Santo André-SP, deslocou o goleiro Marcelo e anotou o seu quarto tento no Campeonato Paulista da Série A3.

Danilo Pereira ainda teve um gol anulado de forma polêmica aos 38: o camisa 9 recebeu cruzamento da ponta esquerda, dominou e estufou as redes alviazuis. Entretanto, o auxiliar Gustavo Cezar Pedroso alegou domínio com o braço para invalidar o tento, gerando revolta dos atletas no gramado do Ferreirão.

Nos minutos finais, os comandados de Fahel Junior protagonizaram uma intensa pressão em Matão. Entretanto, não conseguiram confirmar o empate. A melhor chance veio aos 46, em cabeçada de Igor Prado – após bicicleta executada por Danilo Pereira. Atento, Marcelo segurou para salvar os donos da casa.

FICHA TÉCNICA

MATONENSE 2 x 1 FLAMENGO DE GUARULHOS

Data e horário: quarta-feira, 22 de março, às 15 horas

Estádio Doutor Hudson Buck Ferreira, em Matão-SP

Arbitragem: Rogério dos Santos Laranjeira, auxiliado por Gustavo César Pedrozo e Gilmar Alves da Silva

Cartões amarelos: Toninho e Ademir (Matonense); Thiago Silva (Flamengo de Guarulhos)

Gols da Matonense: Everton Tiziu (46’/1T) e João Lucas (9’/2T)

Gol do Flamengo de Guarulhos: Danilo Pereira (pênalti, 33’/2T)

Público pagante: 175 pessoas

Renda: R$ 1.810,00

Matonense: 1-Marcelo 2-Alisson 3-Toninho 4-Jean Pierre 5-Miler 6-Ítalo 7-Everton Tiziu 8-Dener (14-Ademir) 9-Rafael Magalhães (16-Geovane, depois 17-Felipe Ferreira) 10-João Lucas 11-Ruster

Técnico: Pinho

Flamengo de Guarulhos: Wagner; Thiago Silva, Everton Dé (Herbert), Igor Prado e Victor Palito; André Bilinha, Dinda, Roni e Renatinho (Leandro Valentim); Rafael Piauí (Luciano Gigante) e Danilo Pereira

Técnico: Fahel Junior

Artilheiro volta a marcar, mas Flamengo acaba derrotado em Matão

Marcos Vieira Ribeiro – Diretor de comunicação do Flamengo de Guarulhos

Créditos da foto: Marcos Vieira Ribeiro/Flamengo de Guarulhos

Olá, deixe seu comentário para Artilheiro volta a marcar, mas Flamengo acaba derrotado em Matão

Enviando Comentário Fechar :/