Associação Atlética Flamengo

[Associação Atlética Flamengo]
[Publicidade]

Flamengo deixa a Copa Paulista com empate heroico diante do Água Santa

Flamengo deixa a Copa Paulista com empate heroico diante do Água Santa

Postado em: 24/09/2016

O Flamengo de Guarulhos encerrou sua participação na Copa Paulista com um empate heroico em Diadema.

Atuando no estádio José Batista Pereira Fernandes, o popular Distrital do Inamar, o Corvo mediu forças com o Água Santa e, após abrir o marcador com um golaço do camisa 10 e capitão Milton Junior, aos 16 minutos do primeiro tempo, deixou a região ABCD somando um ponto. Gian anotou o tento que decretou a igualdade, quando o relógio apontava a marca dos 33 do período complementar.

A formação do Jardim Tranquilidade, dirigida nas quatro últimas rodadas por Wendel de Freitas, somou cinco pontos, amargando a derradeira posição do grupo 4, com uma vitória, dois empates e sete derrotas, contabilizando três gols marcados e 24 tentos sofridos. São Caetano (25), Santos (18), Água Santa (18) e Nacional (13) avançaram para  segunda fase. O São José dos Campos FC foi a outra representação a ficar pelo caminho.

Passada a Copa Paulista, o Flamengo direciona as suas atenções para a pré-temporada do Campeonato Paulista da Série A3.

A partida – Antes que o relógio completasse a primeira volta, o Flamengo de Guarulhos criou uma grande oportunidade para abrir o marcador em Diadema: Carlos Henrique cruzou da ponta direita e viu Breno Cauai dividir pelo alto. A bola sobrou para Rafael Mancuso, que finalizou sobre o travessão de Dheimisson. 

Superior nos instantes iniciais, o Corvo inaugurou a contagem no Distrital do Inamar aos 16 minutos: Milton Junior aproveitou sobra de bola na intermediária e desferiu um petardo rasteiro, que morreu no canto esquerdo do arqueiro do Netuno. O segundo tento quase foi confirmado na marca dos 26. Em cobrança de falta, Fran protagonizou uma parábola fechada, que passou à frente de Rafael Mateus e Carlos Henrique. Por milímetros, a dupla rubro-negra não conseguiu completar.

A primeira boa chance do Água Santa veio apenas aos 35 minutos, com o atacante Ygor. O camisa 11 invadiu a área guarulhense pelo setor direito e chutou com consistência. Atento, Symon protagonizou uma linda intervenção, espalmando para escanteio.

Ao retornar do intervalo, a representação de Diadema lançou-se ao ataque e criou boas oportunidades. Logo aos cinco minutos, aproveitando cruzamento rasteiro, Gabriel Duarte chutou forte e viu a bola desviar em Valença antes de carimbar o travessão flamenguista. Com oito jogados, o camisa 7 mandante disparou pela ponta direita e cruzou para Bruno Gaúcho, que, mesmo desequilibrado, escorou. Symon voou para salvar o Corvo.

Quando o relógio apontou a marca dos 14, Bruno Gaúcho voltou a figurar no campo de ataque, finalizando firme do setor esquerdo. Contudo, lá estava o inspirado Symon, garantindo mais uma grande defesa.

Aos 18 minutos, porém, o Flamengo teve um gol anulado de modo polêmico. Gabriel Carioca, substituto de Carlos Henrique – que deixou o gramado com desgaste muscular –, avançou com liberdade pelo meio-campo e, cara a cara com Dheimisson, chutou forte, estufando as redes. A auxiliar Fabrini Bevilaqua Costa, protagonista de marcações contestáveis durante o primeiro tempo, ergueu a bandeira, alegando impedimento e invalidando o tento que poderia definir o primeiro triunfo rubro-negro fora de casa na Copa Paulista.

Bruno Mandarino, responsável por substituir o lesionado Rafael Mateus, reclamou de pênalti, quando o relógio apontou a marca dos 29. O meia invadiu a área pelo setor esquerdo, após lançamento primoroso de Fran, e acabou desequilibrado pela marcação diademense. O árbitro Camilo Morais Zarpelão mandou o jogo seguir no Inamar.

Responsável por uma atuação louvável, Symon nada pôde fazer para evitar o empate do Água Santa, aos 33 minutos. Após bate-rebate na área, Gian, camisa 8 mandante, finalizou firme, sem dar chances ao camisa 1 rubro-negro, que, durante os incríveis sete minutos de acréscimos decretados pelo árbitro, fez milagre em arremate firme de Vinícius Reche, garantindo o empate – com sabor de derrota – na região ABCD.

FICHA TÉCNICA

ÁGUA SANTA 1 x 1 FLAMENGO

Data e horário: domingo, 18 de setembro de 2016, às 10 horas

Estádio José Batista Pereira Fernandes (Distrital do Inamar), em Diadema

Público pagante: 1.232 pessoas

Renda: R$ 6.825,00

Arbitragem: Camilo Morais Zarpelão, auxiliado por Luís Felipe Prado Silva e Fabrini Bevilaqua Costa

Cartões amarelos: Pedro Henrique e Dinda (Água Santa); Rafael Mateus, Rafael Mancuso, Leonardo Souza, Symon, Fran, Arthur e Gabriel Carioca (Flamengo).

Gols: Milton Junior, aos 16’ do 1T; Gian, aos 33’ do 2T

Água Santa: 12-Dheimisson 2-Erick Lucas 3-Pedro Henrique 4-Erik Sayc 5-Dinda (13-Sílvio) 6-Willian 7-Gabriel Duarte (16-Marcelo Soares) 8-Gian 9-Bruno Gaúcho 10-Vinícius Reche 11-Ygor (14-Gilson)

Técnico: Douglas Neves (interino)

Flamengo: Symon; Leonardo Souza, Valença, Rafael Mateus (Bruno Mandarino) e Pepe; Arthur, Rafael Mancuso, Fran e Milton Junior; Breno Cauai e Carlos Henrique (Gabriel Carioca)

Técnico: Wendel de Freitas

Marcos Vieira Ribeiro – Assessor de imprensa da AA Flamengo

Foto: Marcos Vieira Ribeiro/AA Flamengo

Olá, deixe seu comentário para Flamengo deixa a Copa Paulista com empate heroico diante do Água Santa

Enviando Comentário Fechar :/